1 de agosto de 2017

O reinício do ano letivo e o parcelamento dos salários

O ano letivo aqui na minha escola iniciou com paralisação ontem e hoje, com possibilidade de uma nova greve. O governador do Estado liberou uma parcela de apenas R$ 650,00 para todo o funcionalismo público, o que está trazendo uma enorme dificuldade para os pessoas pagarem as suas contas em dia. Mas essa situação não é nova, desde o início do mandato do governador Sartori começaram os parcelamentos dos salários.
"Desobedecendo todas as leis trabalhistas e, inclusive, a decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, no julgamento do mérito no pleno, que por 21 votos a 4, proibiu o Estado de parcelar salários, o governo Sartori, pela 20ª vez, parcela o pagamento dos educadores e demais servidores. O primeiro depósito foi de apenas R$ 650,00."
Saiu a decisão da Assembleia geral em Porto Alegre e decisão foi greve até sexta-feira, quando será feita uma nova assembleia onde será decidido se a greve continua.

Fonte: http://cpers.com.br/governo-paga-parcela-menor-que-salario-minimo-aos-educadores-gauchos/.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...