24 de abril de 2017

A mão de obra infantil na Revolução Industrial

Esse vídeo mostra o trabalho do sociólogo e fotógrafo norte americano, Lewis Hine, que denunciou através das suas fotografias, as terríveis condições de trabalho das crianças durante a Segunda Revolução Industrial, como jornadas de trabalho longas de até 16 horas por dia, poucas horas de sono, o que frequentemente ocasionava acidentes e até mortes.
O trabalho e a denúncia de Lewis Hine foi muito importante para que legislações fossem criadas nos Estados Unidos para proteger as crianças.
No mundo, a exploração do trabalho infantil ainda existe, sob as mais diversas alegações.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...